Transmissão do coronavírus pode piorar no inverno e cientistas fazem importante alerta

Transmissão do coronavírus pode piorar no inverno e cientistas fazem importante alerta
Manter o distanciamento social ainda é a melhor forma de evitar o contágio pela Covid-19. O novo coronavírus está há alguns meses assombrando o mundo e já é alvo de muitos estudos, mas por enquanto se sabe pouco sobre esta doença e a cada dia novas cobertas vão sendo feitas. Sobre a relação do coronavírus com as baixas temperaturas, ainda não há um estudo amplo, mas cientistas já começaram a alertar a população para que tome ainda mais cuidado durante o inverno.

Segundo os especialistas, durante o frio a transmissão do vírus pode piorar ainda mais, lembrando que o inverno começou oficialmente no Brasil no último dia 20. A baixa umidade e a predisposição das pessoas em ficar com as mucosas mais sensíveis podem facilitar a transmissão viral.

Nesta época do ano é comum as pessoas passarem mais tempo em ambientes fechados e isto dificulta o controle da pandemia, já que o ideal é manter todos os cômodos da casa bem ventilado, assim como no trabalho e no transporte público.

Natalia Pastermak, microbiologista do IQC, disse que já há sinais de que é preciso redobrar a atenção no inverno e completou: “O tempo mais seco também contribui para transmitir qualquer vírus, porque ele fica mais tempo no ar. Quando tem umidade, o vírus entra dentro de gotículas e, por questão de gravidade, acaba caindo no chão. Se não tem umidade, ele permanece no ar, o que facilita a transmissão“.

Giogio Torrieri, professor de Física Teórica da Unicamp, tem um estudo onde 35 fatores foram analisados, mostrando o que pode disseminar o novo coronavírus e o resultado mostra que a temperatura é uma das variáveis mais significativas, sendo que quanto mais frio fizer, maior será a transmissão.

 

1news.com.br/noticia

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *