Vídeo: imagens de satélite mostram Ciclone Bomba se formando para causar destruição

Os ventos fortes atingiram várias cidades no sul do Brasil, derrubando árvores, destelhando casas e causando mortes.

Pelo menos quatro pessoas morreram em decorrência do Ciclone Bomba que atingiu o sul do Brasil e deixou várias cidades em pânico, pois os ventos acima dos 120 km/h derrubaram árvores, destelharam casas e causaram grande destruição.

A MetSul, empresa de meteorologia, compartilhou nas redes sociais um vídeo mostrando o momento exato da formação deste ciclone que se tornou o assunto mais comentado do momento nas redes sociais.

Três pessoas morreram em Santa Catarina, outra no Rio Grande do Sul e milhares de pessoas amanheceram esta quarta-feira contabilizando os prejuízos. Os ventos chegaram até o Paraná também, deixando o estado em alerta.

De acordo com a MeSul, o Ciclone Bomba foi se intensificando no Atlântico e os ventos chegaram ao sul do país, levando pânico à população. A ventania deixou um longo rastro de destruição e há vários outros vídeos sendo compartilhados na web, mostrando os estragos e o pânico das pessoas.

Um dos vídeos flagrou o momento em que trabalhadores estavam em um andaime e acabaram sendo surpreendidos pela ventania. Isto aconteceu em Santa Catarina e os funcionários precisaram se agarrar com toda força para não caírem de lá.

Sul do país poderá ter mais ventania

Segundo o Instituto Climatempo, esse Ciclone Bomba acontece por que há uma queda acentuada da pressão em um curto espaço de tempo, o que propicia causar esse fenômeno.

Nesta quarta-feira, dia 1º de julho, espera-se mais fortes rajadas de vento e também chuva no sul do Brasil. E como o Ciclone Bomba sempre derruba a temperatura por onde passa, a população deverá se preocupar com frio que fará no decorrer desta semana.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *