Felipe Araújo revela quanto paga de pensão para filho

Felipe Araújo quebra o silêncio e revela quanto paga de pensão para filho – Acusado de pedir redução no valor da pensão, o cantor ficou calado por cinco dias, mas finalmente decidiu abrir o jogo

Coluna Leo Dias, apesar da fama de louca, tem alguns valores. Um deles é de que pai que não cumpre suas obrigações não tem caráter. E o pior: começamos a acreditar, como muita gente no Brasil, que Felipe Araújo era um desses. Foram diversas matérias que diziam que Felipe Araújo pediu a redução da pensão alimentícia do filho. Ele ficou calado por cinco dias e a Coluna infernizou a vida dele para que falasse. O cantor apresentou provas que mostram jamais ter pedido tal coisa na Justiça. A partir daí, a reportagem chegou a uma conclusão que é um importante alerta para os veículos de imprensa. Mães de filhos de celebridades gostam de brincar com informações inverídicas como parte de um jogo para, além de ganhar fama, viver com uma pensão robusta.

Lamentável dizer isso. Mas é verdade. A imprensa precisa ter mais responsabilidade. Na noite dessa segunda-feira (15/06), este colunista passou mais de uma hora falando com Felipe Araújo. Até um momento de estresse entre nós aconteceu. Mas, enfim, ele decidiu admitir quanto gasta: uma criança de menos de dois anos receber mais de R$ 11 mil por mês é um luxo e tanto neste país. Amanhã, a Coluna Leo Dias irá atrás da mãe da criança, que nem citaremos o nome por enquanto, com os devidos cuidados pra não colaborar com a criação de mais uma sub-celebridade no país.

Quando essa polêmica começou? Quando eu pedi para ver meu filho. Saí do país e voltei em pleno isolamento social e por causa disso não pude ver meu filho. Certo dia, de tão desesperado que estava [nota da Coluna: a criança mora em Vitória, e ele em Goiânia] que fui ao aeroporto para encontrar uma maneira de viajar. Saí frustrado. Isso foi em março e não o via em fevereiro. Entrei com um pedido para visitar o Miguel aos advogadas da Carolina. A partir daí, começaram a sair notas questionando o meu papel de pai. Todas inverídicas. Entenda uma coisa, Leo… Quem você acha que passa essas notas? Eu não posso entrar em detalhes de um processo que corre em segredo de Justiça.

Felipe, eu li sobre uma tentativa de redução de pensão… Mentira. Jamais! Eu quero que provem que eu pedi redução. Repito: não pedi. A imprensa precisa ter mais responsabilidade no que publica. Antes do Miguel nascer, ela pediu um valor surreal de pensão. Entrei na justiça e pedi para que o juiz fixasse a pensão, e ele determinou uma quantia que considero justa. É importante ressaltar que eu acato as decisões da Justiça, sem questionar. Entenda uma coisa muito simples: alguém procurou a jornalista e inventou uma história. Eu tentei me defender, mas a manchete é sempre negativa em relação ao pai. A gente sabe de inúmeros casos de homens que não cumprem os deveres de pai. Mas eu te juro, Leo, eu não sou um cara desses. Tenho 24 anos, mas sou homem e pai responsável.

E o parágrafo de uma inicial de processo que vazou nas redes sociais? Leo, você é inteligente. O processo tem 200 páginas, aquele parágrafo contestava sim um pedido de aumento absurdo de pensão, jamais citou uma redução. Minha advogada mandou um áudio explicando que eu era contra o pedido de aumento, e que nunca fui a favor de reduzir. Foram dois minutos de explicação. Ela pegou palavras descontextualizadas. E todo mundo acreditando. E eu, do dia pra noite, virei alvo de ataques e ameaças.

Felipe, preciso saber o valor da pensão. Neste caso, é uma informação muito relevante. Leo, eu não posso falar o que o juiz determinou. Mas eu posso falar que pago o valor determinado pela Justiça, mas o que ninguém fala é que eu pago coisas que a Justiça não me obriga. O que não foi divulgado é que me comprometi na Justiça a pagar, sem que ninguém me pedisse, além do valor fixado pelo juiz, todas as despesas do Miguel referentes a gastos na saúde, desenvolvimento pessoal e educação (línguas estrangeiras, esportes, artes em geral e etc). Eu assumi na Justiça que também arcarei com tudo. Essa é a verdade. Eu juro. Alguém contou isso? Em junho, paguei R$ 11.213 para o Miguel, de 1 ano e 4 meses. Não é suficiente?

O mundo está parado e você não está fazendo shows. Você jura que não pediu mesmo redução do valor da pensão? Leo, o que falta pra você entender? Eu sou homem, não tenho duas palavras e falo mais: eu vou te provar. Eu já requeri na Justiça uma certidão de que nunca pedi redução de pensão alimentícia. Minha renda, de fato, caiu, mas a do Miguel não, e se depender de mim, jamais cairá, amo meu filho mais que tudo. Meu compromisso é única e exclusivamente com ele!

metropoles.com/colunas-blogs/leo-dias/

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *