Um homem se perguntava a razão pela qual sua esposa estava sempre cansada, o que descobriu o deixou perplexo

Um homem se perguntava a razão pela qual sua esposa estava sempre cansada, o que descobriu o deixou perplexo
Se você está sempre cansada e seu marido não compreende, está na hora de ir a um especialista. Embora as coisas tenham mudado muito nos últimos tempos, não falta homem que alegue que sua mulher, por estar em casa, não faz nada. E a situação não muda muito quando creem que elas trabalhem, é até pior, várias vezes ouvi muitas mulheres queixarem-se de seus maridos, que as “acusam” do pouco rendimento do trabalho no lar em comparação com o tempo que ficam encarregadas de realizá-lo. Dizem que não entendem a razão pela qual estão sempre cansadas, se elas não têm que ir para o mundo lá fora, para trabalhar e suportar tudo o que isto implica, e pior ainda, quando chegam em casa, elas ainda têm muito o que fazer para terminar o trabalho doméstico. Uma experiência interessante

Há alguns dias, encontrei um post interessante. Um homem americano dedicou parte do seu tempo a calcular quanto deveria ganhar uma dona de casa por tudo o que faz num lar. O resultado dessas contas foi que sua esposa, uma dona de casa como qualquer outra, deveria ganhar ao ano um total de 73.960 dólares, isso pelos seguintes serviços: Salário semanal médio para uma babá de tempo integral: $705 = $36.660 por ano. Serviço de limpeza de uma diarista: $50 – $100 = $5200 por ano (supondo que se gastam 100 dólares por semana). Assistente de compras: $65 por hora, 4 horas por semana = $13.520 por ano. Cozinheira: $240 por semana = $12.480 por ano. Lavadeira: $25 por semana (reduzindo ao mínimo) = $1.300 por ano. Serviços de assistência financeira: $15 por hora (5 horas por semana) = $3.900 por ano. Relações públicas: Despesas de relações públicas com os clientes, $75 por hora (4 pessoas por jantar, aproximadamente 3 vezes por ano) = $900 por ano. E atrevo-me a dizer que são cálculos por alto, porque não inclui o fato de ajudar nas tarefas escolares, atuar como psicóloga, enfermeira e outras tantas tarefas que uma mãe faz sem esperar mais que um beijo e um obrigado da parte de seus filhos ou marido; no entanto, 73.960 Dólares reflete o trabalho árduo e o que ganham aqueles que trabalham nesses ofícios.
Outro caso de interesse – No Japão, as coisas não são muito diferentes. Os homens costumam ir trabalhar e chegam muito tarde do trabalho sem sequer se darem conta do que fez sua esposa ao longo do dia no lar. Foi o caso do homem deste vídeo, que, graças a uma gravação, ele se deu conta do árduo trabalho de mãe e dona de casa que sua esposa tinha que cumprir durante todo o dia. A mulher, depois de despedi-lo para o trabalho, ficava com o menino e tinha que levá-lo consigo às compras diárias, tendo que subir e descer colinas carregada de sacos, compras e o carrinho de bebê com o menino a bordo; chegar em casa e descarregar as compras, subindo escadas com peso e, em seguida, fazer todo o trabalho doméstico com a criança nos ombros, continuar limpando e cuidando ao longo do dia. O homem, ao ver o vídeo considerou adequado escrever uma carta a sua esposa explicando que agora sabia a razão pela qual ela sempre estava cansada, e lhe pediu que não se sentisse desconfortável em pedir-lhe ajuda quando estivesse em casa, algo que é raro no Japão, por questões culturais.
Não se trata de machismo ou feminismo – Não se trata de uma posição ou de outra, é que o trabalho doméstico é de todos os membros da família. Ajudar, antes de ser uma obrigação, é um DEVER, uma responsabilidade que se ensina às crianças desde a tenra idade, e que lhes servirá no futuro para que não dependam de ninguém, inclusive, para que possam até mesmo ganhar a vida em momentos de pressão e dificuldade. O trabalho, seja remunerado ou não, é duro, implica esforço, dedicação e amor, certamente muito amor, porque uma mãe faz tudo o que faz por amor a seu esposo, a seus filhos e a si mesma, do contrário não o faria. E você, valoriza o que sua esposa faz para tornar a vida mais suportável?

www.familia.com.br/

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *