Renda Brasil: o que se sabe até agora sobre o benefício que o governo federal deve criar

Renda Brasil deve substituir o Bolsa Família e acabar com abono salarial e seguro-defeso.

O governo federal deve criar um novo benefício a ser pago à população mais vulnerável financeiramente chamado Renda Brasil. Os detalhes do novo auxílio não foram revelados com clareza, mas o ministro da Economia Paulo Guedes confirmou que ele será criado e deve ajudar milhões de brasileiros.

A primeira coisa que se deve saber é que esse benefício deve substituir o Bolsa Família. Atualmente, mais de 13 milhões recebem o auxílio, de acordo com informações da Caixa Econômica Federal. O nome Bolsa Família é muito atrelado às gestões petistas. Este programa foi criado em 2003, primeiro ano do governo Lula, e unificou programas como Auxílio-Gás, Bolsa Alimentação e Bolsa Escola, criados por Fernando Henrique Cardoso.

O governo de Jair Bolsonaro indiciou que o Renda Brasil pode incluir os beneficiários do Bolsa Família e incluir pessoas que hoje não recebem este benefício. O valor do Renda Brasil não foi divulgado. O Bolsa Família paga, em média R$ 200 aos beneficiários.

Benefícios vistos como ineficientes podem deixar de existir, casos do abono salarial, cujo valor é pago anualmente aos trabalhadores de carteira assinada que recebem até dois salários mínimos. O secretário do Tesouro, Mansueto Almeida, afirmou que o abono salarial poderia ser usado como complemento ao Bolsa Família.

Outros programas que podem deixar de existir é o farmácia popular e o seguro-defeso, pago a pescadores no período em que a pesca é proibida. Em breve, mais detalhes devem ser divulgados. Paulo Guedes está à frente do projeto.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *