Globo e Folha não cobrirão mais Bolsonaro no Alvorada por ‘segurança’

Globo e Folha não cobrirão mais Bolsonaro no Alvorada por ‘segurança’
Devido a falta de segurança dos jornalistas a Globo não irá mais cobrir o presidente. O grupo de jornalistas da TV Globo anunciou hoje que não vai fazer mais cobertura do dia a dia do presidente Jair Messias Bolsonaro no Palácio da Alvorada, em Brasília.Isto vai estar incluso a TV e também o jornal G1, que vai ficar com tempo indeterminado para voltar com a cobertura.

Eles alegaram que o motivo é a falta de segurança,mas foi publicado também um texto dizendo que os funcionários vão adorar maneiras mais seguras para voltar ao seu ofício de passar para todas as pessoas o que passar por ali. “A enorme falta de segurança para os nossos jornalistas fez com que o nosso grupo desistisse de cobrir o Palácio da Alvorada, devido a Apoiadores do presidente Bolsonaro que são levados para fica lado a lado com os jornalistas, apenas com uma grande não muito resistente separando os dois grupos, os apoiadores do presidente tem ficado casa dia mais agressivos e diante disso achamos melhor a prevenção,antes que o pior aconteça”, diz nota em que a Globo publicou.

Isso se trata também de um teste que vai incluir o Globo.Esse jornal vai estar fazendo um teste para ver como vai ficar a audiência sem estar cobrindo o Palácio da Alvorada.Paulo Tonet Camargo vice-presidente de Relações do grupo da Rede Globo assinou uma carta e enviou para ao ministro-chefe do Gabinete de Segurança Institucional do Governo. “Como os ânimos dos Bolsonaristas vem crescendo de grande forma,colocando os jornalistas em risco,e nenhuma autoridade veio a intervir até o momento,os jornalistas descobriram uma forma de se relatar tudo que vem passando por ali sem dar prejuízo para ninguém.

A folha de São Paulo também tomou a grande decisão de não estar cobrindo mais o Palácio da Alvorada,pela falta de segurança dos profissionais da imprensa. O jornal deu o exemplo dos jornalistas que foram hostilizados durante uma cobertura na porta do presidente Bolsonaro. Os jornalistas relataram que foram chamados de lixo, escória e ratos imundos.

Pouco antes de acontecer esses tipos de agressões verbais Bolsonaro passou pelos jornalistas da Globo e disse: “Só vou falar com vocês novamente no dia que vocês tiverem compromisso com a verdade,e alguns simpatizantes do presidente apoiaram respondendo ‘Isso ai’. O jornal pretende retomar a cobertura só depois que a segurança dos jornalistas forem garantida no local.

tvefamosos.uol.com.br/noticias/

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *