Anvisa publica lista com produtos que podem substituir álcool 70%

Anvisa publica lista com produtos que podem substituir álcool 70% – Diante do aumento da procura por itens à base de álcool, órgão orienta sobre produtos que ajudam na prevenção ao novo coronavírus. A Anvisa (Agência Nacional de Vigilância Sanitária) publicou na quinta-feira, 23, uma nota técnica que traz uma série de recomendações sobre produtos saneantes que podem substituir o álcool 70% na desinfecção de objetos e superfícies durante a pandemia do novo coronavírus (covid-19).

O objetivo da divulgação é fornecer alternativas ao uso de produtos à base de álcool, diante do aumento da procura por esses itens no mercado. De acordo com a agência, estudos mostram que desinfetantes domésticos comuns, incluindo sabão ou uma solução diluída de alvejante, podem desativar o coronavírus em superfícies, uma vez que o vírus tem uma camada protetora de gordura que é destruída por esses produtos.

Recomendações – A Anvisa informa que a maioria dos produtos recomendados, como sabão, água sanitária e alvejante, levam de cinco a dez minutos para agir contra o vírus, e que após a aplicação do produto, é necessário esperar esse tempo para que faça efeito. Na maioria dos casos, os desinfetantes levam de cinco a dez minutos de contato para inativar microrganismos. Após a aplicação do produto, é necessário esperar esse tempo para que ele faça efeito. Portanto, não é recomendada a limpeza imediata da superfície logo após o uso do desinfetante, dando o prazo suficiente para a destruição do vírus.

Confira abaixo a relação de produtos alternativos ao álcool 70% e que podem ser utilizados para desinfecção de objetos e superfícies: hipoclorito de sódio a 0,5%; – alvejantes contendo hipoclorito (de sódio, de cálcio) a 2-3,9%; – iodopovidona (1%); – peróxido de hidrogênio 0,5%; – ácido peracético 0,5%; –
quaternários de amônio como cloreto de benzalcônio 0,05%; – compostos fenólicos; -desinfetantes de uso geral com ação contra vírus.
Ainda de acordo com a nota técnica da Anvisa, o uso de toalhas com desinfetante é útil para a limpeza, mas como a superfície higienizada não permanece molhada por mais do que alguns segundos, provavelmente essas toalhas não são muito úteis contra o coronavírus. A nota diz ainda que não devem ser usados os seguintes materiais e equipamentos para desinfecção de superfícies e objetos: vassouras e esfregões secos; nebulizadores e termonebulizadores; frascos de spray com propelente. Água sanitária e alvejantes – A água sanitária e os alvejantes comuns podem ser diluídos para desinfetar pisos e outras superfícies (com tempo de contato de 10 minutos). Lembre-se de que esses produtos podem deixar manchas em alguns materiais. Confira abaixo a diluição recomendada, sendo que a solução deve ser usada imediatamente, pois é desativada pela luz:  água sanitária: diluir 1 copo (250 ml) de água sanitária em 1L de água; alvejante comum: diluir 1 copo (200 ml) de alvejante em 1L de água. Confira na íntegra da nota técnica, que traz também orientações sobre vantagens e efeitos adversos relacionados ao uso dos produtos.

catracalivre.com.br/saude-bem-estar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *