0

Famosos atores da Globo sofrem com doenças graves, incuráveis e destruidoras

Ter uma doença incurável não é fácil pra ninguém, principalmente sendo um artista que lida com a imagem a todo momento. O Especial de hoje do TV FOCO vai listar artistas globais que têm doenças incuráveis. Susana Vieira, Dan Ferreira, Cláudia Rodrigues e Ana Beatriz Nogueira são alguns desses atores que sofrem de doenças que não tem cura.

O ator Dan Ferreira, cujo último trabalho foi na novela Segundo Sol, na Globo, descobriu uma grave doença. Ele foi internado às pressas em Salvador após ser diagnóstico com Síndrome de Guillain-Barré, de acordo com a jornalista Patrícia Kogut.

Por meio da assessoria de imprensa do ator, foi emitido o seguinte comunicado: “Na tarde do dia 28 de fevereiro, o ator Dan Ferreira, ao desembarcar em Salvador, sentiu um mal-estar acompanhado de fraqueza nas pernas. Se encaminhou ao hospital, onde foi atendido. Após exames, descobriu-se que ele está com Síndrome de Guillain-Barré. O ator está na companhia dos seus familiares e recebe todo o atendimento necessário agora no Hospital Cárdio Pulmonar, em Salvador”, afirmou a equipe da Globo.

A atriz brasileira Cláudia Rodrigues, conhecida pelo seu papel de Marinete em A Diarista, sofre de esclerose múltipla — doença autoimune que ataca o sistema nervoso central, provocando lesões cerebrais e na medula óssea. Esta foi a razão pela qual a atriz manteve-se afastada da televisão nos últimos anos.

A esclerose múltipla não tem cura e seus sintomas incluem fraqueza muscular, problemas na coordenação motora, dores nas articulações, fadiga e disfunção intestinal e na bexiga. O tratamento consiste no controle dos sintomas e de eventuais crises.
Além dela, o ator David Lander e Jack Osbourne, filho do cantor Ozzy Osbourne, apresentam também esclerose múltipla.

Ana Beatriz Nogueira revelou ao jornal O Globo sua batalha contra a esclerose múltipla, diagnosticada em 2009, quando atuava em Caminho das Índias. “A arte me salva todos os dias. Já me salvava antes, agora, mais ainda.”

O primeiro surto aconteceu em janeiro de 2009. Ela estava em casa, vendo um filme na madrugada, quando sentiu a visão duplicar. “Achei que a legenda da televisão estava ruim. Mas, no dia seguinte, não tinha melhorado e procurei o médico. Ele disse que isso se chama “diplopia” e poderia ter inúmeras causas. Concluiu que era o efeito colateral de um remédio para dormir que eu estava tomando. Me tranquilizou e garantiu que passaria com a suspensão do medicamento.”

Na festa do lançamento da novela de Gloria Perez, no Parque Lage, Ana Beatriz precisou da ajuda de Tony Ramos e da mulher dele, Lidiane, para subir as escadas e chegar ao salão do palacete.

Meses depois, quando teve o diagnóstico, Ana Beatriz iniciou o tratamento. “Achei que era o fim. Como atriz, meu corpo é meu instrumento de trabalho, meu tudo, dependo da minha visão, da audição, das funções cognitivas. O trabalho é minha festa, minha fonte de renda, minha alegria, minha beleza. Partimos para o tratamento. Fiquei dois meses de cama, me senti debilitada. Sabe quando ‘somem os tapetes vermelhos’, que são aqueles sonhos bonitos que você tem quando está quase adormecendo? Foi assim que aconteceu. A médica também me disse: ‘Você tem esclerose múltipla, uma doença autoimune que não tem cura e pode ser incapacitante. Mas a sua é na forma branda, o prognóstico é muito bom e você pode controlar isso e morrer de tijolada!’”

Susana Vieira só contou agora, mas há três anos recebeu o diagnóstico de leucemia linfocítica crônica. Apesar do susto de saber que não tem cura e de não precisar de tratamentos frequentes, ela diz que a leucemia está controlada. Isso porque, por sorte, esse é um dos tipos mais brandos da doença.

“Não é algo de agora, já tem algum tempo. Está totalmente controlada”. Susana Vieira – que descobriu a doença há alguns anos –, se submeteu a sessões de quimioterapia no início de 2018. A veterana, porém, segue com a agenda pessoal e profissional normalmente. Prova disso é que mais cedo, a artista, exibindo cabelo castanho após mudar o visual, não abandonou a rotina de exercícios físicos e treinou em uma academia do Rio de Janeiro.

admin

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *