0

Descubra como prevenir que seu celular seja espionado por alguém e 10 dicas para o seu aparelho durar mais

Você tem medo de que alguém esteja te espionando através de seu celular? Isso pode acontecer com qualquer um, mas felizmente existem algumas ferramentas que podemos usar para verificar se isso está mesmo acontecendo.  Códigos: existem códigos que podem desativar opções de seu telefone e conseguem identificar desvios de chamadas. Veja alguns deles:

Código *#21#: ajuda a identificar se suas chamadas e mensagens estão sendo desviadas.

Código *##002#: serve para desabilitar todo tipo de desvio em seu telefone.

Além disso, é importante sempre ter um antivírus em seu celular e manter-se sempre atento a qualquer tipo de atualização ou aplicativo desconhecido que surgir em seu aparelho.

MAIS: Cuidados com o celular: 10 dicas para o seu aparelho durar mais

Às vezes é meio irônico o jeito como as coisas acontecem. O Thássius havia me sugerido desenvolver um texto com dicas para cuidar melhor do celular e eu não dei muita bola por achar que não haveria tópicos suficientes.  Mas a semana foi passando e a ideia começou a amadurecer na minha cabeça. E desta forma, ironicamente, no dia em que eu me senti apto a colocar as idéias no papel, perdi o meu celular de uma forma bizarra – derrubei ele dentro de um bueiro.  Pois é.
E como há um tal ditado sobre leite derramado me estimulando a não arrancar os cabelos enquanto escrevo este texto, melhor continuá-lo para que o gadget de vocês não acabe procurando o nemo também.
1. Lugar de celular NÃO é no banheiro.  O banheiro é um dos principais locais de perdas de celulares. A forma mais comum é derrubando no vaso sanitário.  Tomar banho com o aparelho no mesmo ambiente também não é bom. A umidade se infiltra no celular e pode corroer circuitos eletrônicos – entre outras coisas.  2. Mantenha o aparelho longe de lugares sujos e/ou empoeirados.  Você pode riscar seu aparelho, ou fazer com que crostas de sujeira se acumulem em seus componentes eletrônicos. As consequências não são boas.  3. Na hora de limpar, não invente moda.  Como já foi dito, componentes eletrônicos são sensíveis a umidade. Os fabricantes aconselham que a limpeza seja feita apenas com um pano seco, mas sabemos que pano seco não limpa é nada.  Neste caso, usar um pouquinho de álcool não vai fazer mal nenhum ao aparelho. Mas você deve apenas umedecer o pano, de forma de que não haja riscos de acontecer a mínima infiltração.  4. Mantenha o aparelho longe de lugares muito quentes, ou muito frios.  O ideal é que o aparelho seja operado em ambientes com temperatura entre 15ºC e 30ºC.Temperaturas extremas podem prejudicar o desempenho da bateria e até danificá-la permanentemente.
5. Não coloque mais nada no mesmo bolso.  Muita gente tem o costume de levar várias coisas no mesmo bolso em que carrega o celular. Certos objetos como chaves, podem riscar o aparelho. Se o seu aparelho possuir a tela exposta, ou pior ainda, sensível ao toque, os riscos são ainda maiores. Isso porque qualquer pressão pode acabar trincando a tela do dispositivo.  No caso das mulheres que costumam levar o celular dentro da bolsa, a dica se mantém. Cuidado também ao carregar perfumes, kits de maquiagem e produtos que podem vazar, e estragar o aparelho.  6. Na praia, tome cuidados extras.  A praia é um ambiente que apresenta todos os tipos de perigos à maioria dos dispositivos eletrônicos. Sol, calor, areia, água e também maresia. Se for realmente necessário levar o seu aparelho para a praia mantenha ele dentro de uma capinha, e em sombra fresca.  De preferência aquelas capinhas do tipo “meia”, pois elas cobrem o aparelho por completo, protegendo-o da maresia e da areia.  7. Não derrube nem bata o celular.  Todo aparelho é feito para suportar pequenos impactos. Mas além de estragar a carcaça do celular, estes impactos podem romper circuitos internos do aparelho e pior, danificar a bateria.  8. Tome cuidados específicos ao praticar esportes.  Assim como a água, o suor oxida componentes eletrônicos. Ao praticar esportes, tome precauções para que o celular não fique em contato com a pele, e consequentemente o suor.  9. Não ande com o celular na mão.  Além de estar correndo o risco de ser roubado, as chances de o aparelho cair no chão são bem maiores do que se estivesse no bolso, ou em uma capinha. Sem falar no fato de que a mão também sua e aquece o aparelho.  10. Derrubei ele na água. E agora?  A primeira atitude a se tomar ao molhar o aparelho é a de tirar a bateria do mesmo. A segunda é a da paciência.  Não pense que basta usar um secador de cabelos e seu aparelho estará novo em folha. O secador pode retirar a umidade superficial, mas é a parte interna do aparelho que preocupa.  Nessas horas o melhor é mergulhar o celular em um potinho com arroz e deixar ele lá por alguns dias. O arroz é ótimo para absorver a umidade e pode ajudar a secar os componentes eletrônicos do aparelho.

-Gostou do nosso artigo? Obrigado pela visita, volte sempre!
Fonte: fabiosa / tecnoblog.net

Arjona

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *