0

Famosos apoiam Fábio Assunção e pedem fim de piadas nas redes sociais, respeitem por favor

Mariana Rios, Paulo Vilhena, Marcelo Serrado e Klebber Toledo defenderam o ator

Fábio Assunção vem sendo alvo de piadas infelizes e até tema de fantasias no Carnaval devido ao problema que enfrenta há anos com sua dependência química.
Pedindo o fim das brincadeiras de mal gosto que o ator vem sofrendo, os amigos do global decidiram se manifestar e pediram respeito à doença que ele enfrenta, compartilhando uma foto com a imagem do artista com a escrita: “Além da figura pública, apresento a vocês um ser humano portador de uma doença chamada dependência química. Alguém faz piada com atores que têm outras doenças?”.

Marcelo Serrado foi um dos primeiros a sair em defesa do amigo. Na legenda da publicação, ele acrescentou: “Chega de rirmos da dor alheia e de fazermos piadas disso! Todo meu amor e torcida ao meu amigo querido”.
Mariana Rios usou uma citação para falar sobre o assunto. “Respeito é o ato de não fazer aos outros o que jamais gostaríamos que fizessem com a gente. É dar espaço para que os outros expressem suas opiniões, sem discriminação ou punições…É não maltratar, humilhar ou espezinhar as pessoas, simplesmente porque nos consideramos certos ou melhores…”, escreveu.
Paulinho Vilhena também defendeu Fábio. “Mais humanidade aos seres humanos”, pediu ele.
Klebber Toledo não deixou de apoiar o global. “Mundo sem sentindo, sem razão. Mundo sem educação, sem informação. Alguém sabe o que é compaixão? Mundo cão. Respeito??”, colocou na legenda.
Mais cedo, Carolina Dieckmann também fez questão de se posicionar sobre o assunto e pediu que as pessoas tenham mais amor e empatia.  Recentemente, Fábio usou suas redes sociais para falar sobre seu problema pessoal, e comentar sobre uma música que uma banda fez se referindo ao estado do ator, o que gerou bastante alvoroço na web.

NAR -Gostou do nosso artigo? Obrigado pela visita, volte sempre!
Fonte: caras

Arjona

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *