0

Afinal, dinheiro traz felicidade? Especialista tira essa e outras dúvidas

Na verdade, dinheiro é uma ferramenta que nos permite viver com segurança e tranquilidade.

De fato, podemos dizer que dinheiro e felicidade estão relacionados. É o dinheiro que nos possibilita ter conforto, viajar, fazer um curso, praticar um hobby ou jantar em um bom restaurante.

Mas o que muitas pessoas não percebem é que ganhar muito dinheiro não é garantia de ser feliz. São inúmeros os casos de pessoas que ganharam fortunas e ainda assim terminaram falidas ou endividadas, perdendo toda a segurança e tranquilidade que o dinheiro supostamente proporciona.

Pensando nisso, podemos dizer que a felicidade está mais ligada a fazer bom uso do dinheiro que se tem, utilizando-o a seu favor, do que a ter muito dinheiro. O que realmente vai garantir que você seja feliz é entender que o dinheiro é uma ferramenta que lhe permite realizar sonhos, fazer as coisas de que gosta, viver com segurança e tranquilidade, mas que isso tudo tem tanto ou mais a ver com o uso que você faz dele do que com a quantidade que possui.

Para fazer seu dinheiro trabalhar a favor da sua felicidade, é preciso ter uma relação saudável e equilibrada com ele, o que significa viver dentro do seu padrão de vida e respeitar os limites da sua realidade financeira.
Dessa forma, planejamento e organização são o melhor caminho de garantir não só sua felicidade, mas principalmente seu bem-estar financeiro, ou seja, que você tenha capacidade de honrar as obrigações financeiras; se sinta segura com relação ao seu futuro; faça escolhas que lhe permitam aproveitar a vida e tenha capacidade para lidar com imprevistos.

Ganhar grandes quantias não é garantia de que todos os problemas sejam resolvidos. Gastar é bom e traz sensação de bem-estar, mas ela é passageira e por si só não traz felicidade. Além disso, caso seus gastos não sejam planejados, podem ser fonte de grandes problemas e desequilíbrios, independentemente do quanto se ganha.

DÁ PARA GANHAR POUCO E SER FELIZ!  Para quem ganha pouco, é ainda mais importante ter organização e planejamento para ser feliz. Com o orçamento do mês planejado, é possível fazer pequenas quantias renderem muito mais. Mesmo que o valor mensal seja baixo, é a disciplina de guardar todo mês e os juros que você conseguirá em um bom investimento que farão com que o acúmulo cresça no longo prazo – e isso vai permitir que você tenha mais conforto e segurança.

VIVER DENTRO DO PADRÃO DE VIDA – Além de não ter dívidas em atraso, é importante poupar parte da renda para a construção de uma reserva. O primeiro passo é confrontar os ganhos e gastos, definir metas e um plano para alcançá-las e, se necessário, ajustar o consumo no presente.

MARCELA KAWAUTI, aprendeu economia na graduação da Universidade de São Paulo e no mestrado da Fundação Getúlio Vargas, além de ter mais de dez anos de experiência. É economista-chefe do SPC Brasil e colaboradora do portal de Educação Financeira Meu Bolso Feliz.

NAR -Gostou do nosso artigo?…Deixe seu comentário e compartilhe com amigos e familiares. Obrigado pela visita, volte sempre!
Fonte: anamaria

Arjona

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *