0

Gil Gomes se despede Aos 78 anos, um dos maiores Comunicador e Radialista do Brasil

Aos 78 anos se despede Gil Gomes, um dos maiores comunicadores do Brasil

Se despediu na manhã desta terça-feira (16) o comunicador e radialista Gil Gomes aos 78 anos de idade. Ele enfrentava uma série de complicações nos últimos dias e uma luta contra uma doença no fígado. Pelo que havia sido comunicado pelo programa Balanço Geral, ele andou internado e perdeu muito a vitalidade e as forças, contando apenas com o apoio da sua família.
Gil Gomes é jornalista e uma das suas últimas aparições foi no Domingo Show, da Record. Ele sofria com mal de Parkinson, e em uma declaração de 2016, disse que sofreu no período que estava longe do trabalho. “Tanta coisa que vivi, senti, chorei. Sou chorão e quando choro eu me revolto. Passei os últimos seis anos sentado em uma poltrona, esperando a sua partida, mas agora voltei e estou feliz”, contou ao programa “Sensacional”, da RedeTV.

O apresentador relembrou a época que fazia jornalismo policial no rádio e disse que chegou a ser preso mais de 30 vezes durante o regime militar. “Terminava o programa e a viatura da Polícia Federal vinha me buscar. Só que eu era amigo do [político] Romeu Tuma e sempre saía”, disse. Inclusive, Gil relembrou a situação que lhe deixou mais assustado. “Trabalhava na rádio e recebi um telegrama dizendo que tinha apenas 30 dias de vida. No outro dia, recebi mais um, escrito ’29 dias de vida’, e começou uma contagem regressiva. Quando faltavam 12 dias, mataram meu gato, envenenado. Depois daí, a contagem acabou e não aconteceu nada, mas eu tenho uma mania de valente”. Na época, em entrevista , Gil comemorou o retorno. “Esse trabalho está me fazendo muito bem. Melhorou minha cabeça, meu entusiasmo, minha vontade de viver. Eu andava cabisbaixo, estive arrasado. Minhas pernas estão boas, mas não saia da poltrona.” Na mesma reportagem, ele também declarou que tinha vontade de trabalhar até o último dia de vida. “Quero continuar trabalhando, honrar o nome que tive, o nome que tenho e o nome que terei. Eu sou forte.”  Gil Gomes trabalhava fazendo reportagens especiais para o SBT no passado

Demais detalhes sobre o velório e enterro ainda não foram divulgados. 

NARG -Gostou do nosso artigo?…Deixe seu comentário e compartilhe com amigos e familiares. Obrigado pela visita, volte sempre!



natiarjona

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *