0

Após lançar música que incomodou eleitores do Bolsonaro, Pablo Vittar é detonado por apresentador

O cantor Pabllo Vittar lançou recentemente uma nova música e tem sido criticado por tal. ‘Disk Me’, novo hit que já conta com mais de 12 milhões de visualizações no Youtube, tem gerado um certo desconforto em alguns artistas.
Na última quinta-feira, 11, os apresentadores do Fofocalizando avaliaram o hit e a maioria não curtiu. Décio Piccinini, o mais revoltado, até sugeriu que um especialista em eutanásia surgisse para livrá-los de ouvir o hit.
Lívia Andrade, Mama Bruschetta e Gabriel Cartolano ‘destruíram’ o som e apenas Leo Dias admitiu ter curtido a música, apesar de preferir ouvir o cantor em músicas mais aceleradas. Pabllo foi alvo do quadro ‘Doeu no Ouvido foi Destruído’.

ELEITORES DO BOLSONARO QUEREM BOICOTAR PABLLO

Pabllo Vittar lançou um novo clip intitulado Disk Me, e já é um sucesso na internet. Mas o que o cantor não esperava é que esse sucesso fosse incomodar tanta gente, mas especificamente uma grande parte dos eleitores do candidato a presidência Jair Bolsonaro.
Um dos preceptores do movimento #EleNão, Pabllo não esperava que os eleitores do então candidato fizessem um mutirão de deslikes em seu novo trabalho, chegando a marca de 65 mil deslikes. O clip já tem mais de 5 milhões de visualizações.
A atitude está causando indignação em muitos artistas, entre eles a cantora e amiga de Vittar, Preta Gil que fez questão de demonstrar seu sentimento em um único comentário. “Nojo!”, declarou Preta.

 

Dias após romper com empresário que apoia Bolsonaro, Pabllo Vittar quebra o silêncio e se manifesta

Como o TV Foco já informou, Pabllo Vittar anunciou recentemente que rompeu com uma marca de calçados após o dono da grife declarar apoio aberto ao presidenciável Jair Bolsonaro (PSL). Dias após a decisão, Pabllo se pronunciou sobre o assunto em entrevista à Folha de S.Paulo.
“Chegou a hora em que não podemos e não iremos nos calar […] As pessoas parecem estar cegas para o que acontece na cidade. Precisamos nos organizar e lutar, não só a comunidade LGBT, mas todas as minorias que sofrem violência diariamente”, afirmou Vittar, que ainda falou sobre a atual fase de sua carreira, inspirada na infância que viveu no Nordeste.
“São artistas participaram da minha formação. No novo álbum, irei explorar esses ritmos, mas também haverá sons mais pesados e misturas de outras sonoridades. Agora, estou mais confortável, mais segura e entendendo melhor a minha voz”, revelou.

admin

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *