0

Quais são os produtos que podem ser abortivos?

Alimentos do dia a dia, que parecem inofensivos, podem ser mais prejudiciais à sua saúde e a do bebê, do que você imagina. A gestação é um período lindo e muito delicado na vida das mulheres, por isso é muito importante ficar sempre atenta a tudo aquilo que está sendo consumido.

Existem algumas substâncias que, até mesmo, em contato com a pele podem ser maléficas. Alguns chás, remédios, cafeína e alguns hábitos podem ser ruins durante esse período. Mas calma! Não precisa desesperar. A primeira coisa é tomar os cuidados necessários. E, em caso de dúvidas, não hesite em procurar o seu médico para esclarecimentos.

Para te ajudar a tomar mais cuidado e evitar esses alimentos nós separamos uma listinha com alguns. Confere só:

Quais são os produtos que podem ser abortivos?

1 – Dietéticos
Dentre os principais produtos abortivos, estão os alimentos dietéticos e adoçantes que tem em sua composição a sacarina e ciclamato devem ser evitados durante esse período, porque interferem na gestação do bebê. Existe uma série de bebidas e outros industrializados, nas versões light e diet que utilizam esses elementos em excesso.

2 – Canela
Tem gente que adora canela! Mas, infelizmente, esse também é um dos produtos abortivos mais perigosos. Principalmente por a canela ser uma especiaria tão comum para nós. A canela ajuda a aumentar as contrações uterinas. Por isso não é nada indicada para gestantes. Para que algo ruim realmente aconteça seria necessária sua ingestão em grandes quantidades. Mas é aquela coisa, cada organismo reage de uma maneira, por isso, para evitar qualquer surpresa desagradável, o melhor é evitar.

3 – Álcool
Um dos produtos abortivos mais conhecidos, o álcool pode ser absorvido pela placenta impedindo que o bebê receba oxigênio e os nutrientes necessários. Além disso, beber durante a gestação pode aumentar as chances do bebê nascer com síndrome alcoólica fetal, uma doença que causa graves efeitos colaterais físicos e mentais.

4 – Comida mal passada
Alimentos mal passados, como carne, peixe cru, doces com ovos crus, leite e derivados não pasteurizados podem aumentar a ingestão de Salmonella, que pode causar gastroenterite; Toxoplasma Ghondi, que pode causar toxoplasmose; e levar a problemas de deformação no bebê.

5 – Chás
Não são todos! Mas alguns como o chá preto, boldo, mate, canela (!) e outros podem não ser tão benéficos durante a gestação, porque acabam acelerando o metabolismo e queima de calorias, que deveriam ser compartilhadas com o bebê. Chás de boldo, arruda, cipó-mil-homens, erva-de-bicho, buchinha do norte, espirradeira, melão-de-são-caetano, erva-de-santa-maria, pinhão-de-purga ou pinhão paraguaio, poejo e losna são alguns dos considerados produtos abortivos pela medicina popular.

6 – Abacaxi
Se ingerido durante a gravidez, o abacaxi pode provocar aborto. Isso acontece por causa da presença de bromelina, responsável por influenciar contrações. Especialmente nos três primeiros meses.

7 – Mamão Verde
Também na lista de produtos abortivos, o mamão verde contém papaína. Uma enzima que funciona como a oxitocina e prostaglandinas, que podem induzir o parto antes do tempo. Além disso, podem causar anomalias no bebê.

8 – Batatas germinadas
Esse é um produto que, além de abortivo, é tóxico para qualquer pessoa. É importante ficar bem longe das batatas germinadas, grávida ou não.



admin

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *