0

Mulheres criticam “seios caídos” de Preta Gil e cantora se revolta, tem a melhor resposta

Preta Gil se revoltou com os comentários maldosos que recebeu em uma foto publicada nesta quarta-feira (10) em seu perfil no Instagram. Na imagem, ela aparece com um look decotado e mostra um pouco dos seios.

Com a intenção de divulgar o bazar beneficente que irá fazer, ela lamentou o fato do assunto ter sido desviado por parte dos seguidores. Alguns deles chegaram a dizer que os seios estavam caídos e que ela deveria escondê-los.

Inconformada, Preta fez questão de responder alguns deles, e ao rebater um comentário que pedia para colocar silicone, ela disparou: “Que feio”. Em seguida, ela comentou “que triste”.

No entanto, para ela, a pior coisa em torno dessa história é o fato das mulheres desmerecerem as outras. “E a mulherada curte”, disse Preta, revoltada com a situação. Confira o post a seguir:

PROBLEMAS COM O NOME

Preta Gil participou de uma entrevista com a youtuber Naná Karabachian e, por lá, acabou lembrando de problemas que já teve com seu nome. Na ocasião, a filha de Gilberto Gil abriu o jogo e detalhou mais sobre a situação.

E prosseguiu: “Comecei a entender que tinha algo mais que somente um nome. Com 15, 16 anos eu tomei meu primeiro porre. Quando fiquei bêbada veio Priscila, é meu alterego, ela vem de vez em quando”, falou.

Preta também assumiu que muitas vezes decepciona as pessoas por não ser do jeito que elas imaginam. “A Preta Maluca, que era o centro das atenções, ela está mais reservada ao palco. Na minha vida, no meu cotidiano. Quando era mais jovem eu acordava querendo causar, chamar atenção. Hoje eu sou muito mais calma, serena, decepciono as pessoas”, contou.

E prosseguiu: “Elas entram no meu camarim achando que vou estar de quatro com um abacaxi na cabeça. A alegria está em mim, só que não necessariamente ela precisa ser dessa maneira. Aliás, era uma maneira que eu usava de colocar minha alegria um pouco deturpada. Queria chamar atenção das pessoas, mas queria chamar atenção de mim mesmo”.

E finalizou: “Hoje já sei quem eu sou. Tenho muitos caminhos percorridos, maturidade. E posso ser a gaiata na hora que cabe, não o tempo todo. Talvez eu tenha vendido esse peixe e a mídia construiu, baseado na minha personalidade, uma pessoa que não sou eu. Não é por me assumir, ser o que sou eu, falar palavrão, que sou uma promíscua. Não é isso. As pessoas se confundem muito. Eu ajudei a confundir. E hoje em dia já sou mais pé no chão, isso está em mim, mas em uma medida diferente”.

NARG -Gostou do nosso artigo?…Deixe seu comentário e compartilhe com amigos e familiares. Obrigado pela visita, volte sempre!

natiarjona

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *