0

Mãe é criticada por permitir que filha de 11 anos fizesse cirurgia plástica para não ser alvo de provocação dos coleguinhas

Os pais sempre acham que seus filhos são os mais bonitos e inteligentes do mundo! Já estamos até acostumados com aqueles pais que adoram e falam bem de seus filhos a toda hora (às vezes, até de modo exagerado).

Essa mãe foi criticada por ter deixado sua filha enfrentar uma cirurgia plástica aos 11 anos.

Mas, qual foi sua razão? Bom, temos dois lados do caso.

Garota pré-adolescente passa por cirurgia
Bella Harrington é da Virginia, EUA, e possui 11 anos. Bella é uma garota muito esperta e possui diversos tipos de interesses diferentes. Entretanto, infelizmente, Bella sofre com o bullying de outras crianças.

O motivo: sua aparência física. Mais especificamente, suas orelhas.

A garota pertence aos 5% da população que nascem com orelhas protuberantes. Isso a tornou um alvo fácil de falatório e ridicularização.

Sua mãe, Sabrina Harrington, explica:

Eles a provocavam. A coisa que mais falavam era que ela tinha orelhas de elfo.

Para acabar com a situação, Sabrina decidiu que Bella passaria por uma cirurgia plástica.

Quanto mais as pessoas apontavam, mais eu queria mudar a situação.

Sabrina consultou alguns especialistas e acabou encontra o Dr. Joe Niamtu, que deu sua opinião:

Quando se trata de corrigir um problema que é alvo de bullying, quanto mais novo o paciente, melhor.

A mãe ficou sob críticas
Bella passou pela cirurgia e mudou o formato de suas orelhas. Entretanto, a maioria das pessoas, nas mídias sociais, começaram a criticar fortemente a mãe por permitir a adolescente “entrar na faca”.

Uma mãe deve ensinar sua filha a não ligar para o que os outros pensam né.

Muito nova, deveria ter dado tempo para a menina adquirir experiência de vida e aprender a se amar.

Ela deixou o ódio vencer.
Pedimos para que você não julgue essa mãe, imediatamente. O problema do bullying nas escola é muito sério e infelizmente, qualquer criança pode se tornar um alvo. A melhor coisa que os pais podem fazer é ajudar seus filhos a superar essas experiências em conjunto.

 

NARG -Gostou do nosso artigo?…Deixe seu comentário e compartilhe com amigos e familiares. Obrigado pela visita, volte sempre!

natiarjona

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *