0

Idoso fica envergonhado ao atrasar a fila no supermercado: a reação de caixa choca a todos

Vivemos em uma sociedade onde os idosos são muitas vezes deixados para trás. Muitos são solitários, vivem na pobreza, não se alimentam direito – geralmente são até invisíveis.

Parece óbvio que negligenciamos seus desejos e necessidades, o que afeta a capacidade deles de enfrentar suas vidas.

É por isso que fiquei tão feliz em ler sobre esse caixa que foi contra a regra geral — e é um exemplo a seguir.

Foi no início de novembro, quando isso ocorreu no Mississippi.

No meio da corrida da hora do almoço, um homem idoso estava no caixa pagando as compras. No entanto, ele colocou a mão no bolso e viu que algo estava errado. Ele logo ficou frustrado. Ele não conseguia contar o dinheiro corretamente e demorava muito tempo e, quando as mãos e a voz começaram a tremer, ele começou a se desculpar com todos ao seu redor.

Mas ninguém estava pronto para saber como a caixa reagiria.

Uma pessoa que aguardava na fila foi Spring Herbison Bowlin. Em uma publicação no Facebook que já foi compartilhada milhares de vezes ela descreve o momento.

“O caixa despejou todas as moedas do idoso no balcão e diz: ‘Não há problema, querido. Vamos fazer isso juntos’. “O idoso continua a pedir desculpas a todos, mas nós o tranquilizamos: ‘está tudo bem’. Eles terminam a conta e o senhor vai embora”, ela escreve.

Spring ficou comovida pelo esforço da caixa. Ela continua:

Olhei para aquela mulher maravilhosa e disse: “Obrigado por ser tão paciente com ele”. Ela balançou a cabeça e respondeu: “Você não deveria ter que me agradecer, amor. O que há de errado com o nosso mundo é que esquecemos de amar uns aos outros”.

“Eu quero ser mais como ela”, disse Spring.

Basta pensar em como o mundo seria um lugar melhor se tivéssemos mais respeito uns com os outros. Várias pessoas teriam se irritado ou sido rudes com o idoso. Não é difícil de imaginar outras que diriam para ele se apressar. Em vez disso, a caixa parou, avaliou a situação e teve uma atitude perfeita.

Se nós tivermos a sorte de viver tanto, um dia seremos nós na posição do homem, dependendo da paciência dos mais novos enquanto nós lutamos com nossos dedos tortos.

Minha família me ensinou a ser gentil e respeitar os mais velhos. Não sei das crianças de hoje em dia, mas muitos são desrespeitosos com os idosos e não se dão conta de que o mundo gira…

Compartilhe esta história inspiradora e emocionante com seus amigos próximos e queridos!



admin

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *