0

A mãe não conseguia entender por que seu filho começou a engasgar….até que percebeu isso…


Todos nós gostamos que nossa casa tenha um delicioso aroma. Para fazer isso, muitas vezes usamos velas perfumadas tão populares,incensos para obter um bom cheiro,
e também nos dar uma sensação de conforto, como casa limpa e harmoniosa. Embora estes pequenos detalhes podem ser muito perigosos para a saúde.

Megan Badden é uma jovem mãe que adorava distribuir velas ao redor da casa e mantê-las acesas o tempo todo. Um dia, ela começou a notar uma falta de ar estranha e tosse
em seu pequeno bebê. Mas só quando ela descobriu um ponto estranho na narina do bebê enquanto ela estava alimentando ele, para ser confirmado suas suspeitas. Foi fuligem das velas!


Megan não podia acreditar que estas pequenas velas, como usado pela maioria das pessoas, em qualquer lugar do mundo, poderia ter um impacto negativo sobre a saúde.
Por isso, começou a buscar mais informações. Acontece que a fuligem, não foi o pior … Durante a combustão incompleta da vela surgia substâncias tóxicas para o ambiente!
E o pior: Por esta razão (fuligem no nariz) morrem a cada ano cerca de 2.000 bebês, só na América!

Quando o óleo contido nas velas é aquecido, torna-se muito perigoso para a saúde. Entre os componentes sobressai limoneno, uma substância extraída de casca de citricos, que é amplamente utilizado em produtos de perfumaria.
Em princípio, esta substância é completamente segura para os seres humanos, mas quando aquecido a uma temperatura de 300 graus ou mais, dissolve-se e interage com o ar, formando novos compostos, incluindo o formaldeído.

Especialistas também dizem que a situação é agravada pelas modernas janelas com vidros duplos, impedindo a ventilação. Portanto, o formaldeído fica muito mais tempo no apartamento, no ar.
Então, se você decidir não desistir das agradáveis ​​velas perfumadas, após o uso, você deve ventilar bem a área. Além disso, você não deve deixar que as velas fiquem acesas por mais de 3 horas por dia.
No entanto, se você tiver crianças pequenas em casa, seria bom abrir mão dessas velas perfumadas e dos incensos.

Felizmente, o bebê, pequeno Megan está bem e fora de perigo, pois sua mãe notou o problema a tempo.
A mulher nunca mais acendeu velas perfumadas em casa, e aconselha todos os pais que também não acendam.

Compartilhe esta informação valiosa com seus amigos nas redes sociais!



LEIA TAMBÉM->
loading...

admin

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *