0

Casar por dinheiro nem sempre compensa… E esta mulher aprendeu da pior forma…

Marcel era um homem simples e de vida mais simples ainda. Grande parte da sua vida foi em uma casa humilde, sem água nem eletricidade, na região dos Alpes. E por conta de sua vida sem luxos, ele acabou por guardar uma grande quantia de dinheiro. Além disso, diversas propriedades de luxo e resorts de ski se instalaram nas proximidades de suas terras, o que acabou por elevar o valor avaliado de sua propriedade.

 E mesmo assim, Marcel se mantinha no mesmo ritmo de vida. Ele aproveitou o dinheiro para construir casas para seus familiares em seu terro e viver confortavelmente com o que tinha conquistado. E foi quando ele conheceu Sandrine.

Dinheiro5

 Sandrine se aproximou de Marcel quando ela foi em sua casa, a fim de fazer uma oferta pelo seu terreno. Ele não aceitou vender, mas ela acabou por se encantar pelo homem, 21 anos mais velho do que ela. E mesmo com os protestos dos familiares, Marcel e Sandrine se casaram.

Dinheiro 2

Ela se manteve morando na sua propriedade na França, mas vinha frequentemente visitar o marido. As pessoas que conheciam Marcel o avisavam frequentemente que a mulher apenas queria o seu dinheiro e que ele precisava cuidar muito bem do que era seu, sem ser vítima da jovem aproveitadora. Mas Marcel sempre ignorava o que lhe diziam, apenas se silenciando quando alguém comentava algo.

Dinheiro 4

Foi então que um grave acidente de carro aconteceu e Marcel não sobreviveu. A esposa chorou copiosamente durante o seu velório, sob os olhares contrariados de todos que estavam presente. E logo após o sepultamento do homem que ela dizia amar, tratou de expulsar todos os que estavam vivendo nas terras que agora eram suas.

Dinheiro

 Mas o que ela não contava era que Marcel havia deixado um testamento. O humilde homem sabia muito bem com quem estava se metendo e não deixou um centavo para a esposa. Ele compartilhou tudo entre seus familiares e amigos, deixando a sua viúva a ver navios. Sandrine ainda batalhou na justiça, alegando que aquela não era uma assinatura verdadeira. A justiça acabou decretando que aquela sim era a assinatura de Marcel, e que tudo descrito no documento era válido.

No fim, a interesseira acabou por ficar sem nada e ainda gastar o que tinha com advogados.



LEIA TAMBÉM->
loading...

admin

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *