0

As 10 águas mais perigosas do mundo!…É de tirar o fôlego…

Muitas pessoas não conseguem imaginar sair de férias para um lugar que não tenha água: o mar, um lago, um rio, um mar ou até mesmo uma piscina. No entanto, existem no nosso Planeta muitas águas onde passar as férias pode acabar sendo perigoso.

Incrível.club compartilha alguns desses lugares, os quais, mesmo com toda beleza, não são a melhor escolha para passar seu tempo livre.

10. O Grande Buraco Azul, Belize

Na maré alta, o Grande Buraco Azul transforma-se num funil gigante, que absorve tudo o que estiver na superfície da água. Já na maré baixa, ele ejeta enormes jatos de água pelo mesmo funil. Apesar disso, não falta gente que quer ver esta caverna, porque mesmo Jacques-Yves Cousteau, o mais famoso mergulhador da História, denominou o Grande Buraco Azul como um dos melhores lugares para mergulhar.

9. Poço de Jacob, Texas, EUA

Este poço natural, de 10 metros de profundidade, com águas totalmente transparentes, é um dos lugares mais perigosos do mundo para mergulhar. No fundo do Poço de Jacobhá várias entradas para o extenso sistema de cavernas, dos quais nem todos conseguem sair.

8. Lago Michigan, EUA

O Lago Michigan tem basicamente a mesma fama do Triângulo das Bermudas, porque foi lá que aconteceu um dos maiores desastres aéreos do continente norte-americano, cujo motivo não foi detectado.

No entanto, deixando o misticismo de lado, o lago é realmente perigoso por causa das correntes produzidas de forma inesperada e, de acordo com alguns dados, dezenas de vidas são levadas por elas. Mas que fique claro: os riscos são nas áreas mais afastadas da costa. As praias de Chicago, que fica na beira do lago, por exemplo, são belíssimas.

7. O lago Natron, Tanzânia

Coberto por uma crosta de sal que periodicamente fica vermelha, o Lago Natron é um dos mais salgados e alcalinos da Terra. Em alguns lugares, a temperatura da água atinge 50 ° C, que, juntamente com a elevada alcalinidade, torna o lago basicamente inabitável: apenas três espécies de peixes conseguiram se adaptar a essas condições extremas.

6. Buraco azul de Dahab

O Buraco Azul é considerado um dos lugares mais perigosos para mergulhar do nosso Planeta, porque nesta caverna de 130 metros morreram muitos homens valentes que tentaram fazer isso. Embora mergulhadores experientes digam que as pessoas que possuam uma preparação adequada e muita experiência podem mergulhar sem problemas, porque a principal razão para a morte daqueles que não tiveram sorte foi por narcose por nitrogênio e oferta insuficiente de ar para conseguir subir.

5. Lago ’Ferradura’ (Horseshoe), EUA

O dióxido de carbono que é emanado das rachaduras do fundo do lago Ferraduraé perigoso para todos os seres vivos. O lago foi responsável pela morte de 4 pessoas, bem como de todas as árvores que crescem nos 40 hectares em torno dele. Cartazes colocados em todas as estradas que conduzem ao lago alertam para o perigo oculto.

4. Lago fervente, República Dominicana

A temperatura do lago entre as montanhas, que é preciso de até 8 horas de escalada para chegar, pode subir até 92°C. Tudo por causa dos jatos de ar quente que saem debaixo da terra e por vezes são acompanhados de lava. É categoricamente proibido entrar neste lago, mesmo se as bolhas específicas não estiverem visíveis, pois o lago pode começar a ferver em segundos.

3. Rio Tinto, Portugal e Espanha

A extração de minerais, que ocorre no Rio Tinto há 3000 anos, fez com que suas águas ficassem cheias de cobre, ferro e metais pesados, e o nível de acidez alcançou níveis exorbitantes. No entanto, mesmo nessas condições inóspitas, o rio tem seu sistema biológico que inclui também as bactérias que oxidam os metais e fazem com que a água fique da cor vermelha.

2. Passagem de Drake

Vários icebergs, o vento soprando a uma velocidade de 35 metros por segundo, as correntes fortes e a baixa visibilidade: é o que aguarda os barcos que atravessam a Passagem de Drake (ou o Estreito de Drake), no extremo sul de nosso continente, próximo a Ushuaia (Argentina). Essa passagem é um verdadeiro cemitério de navios, que afundaram aqui há alguns séculos, até a abertura do Canal do Panamá, no século XX.

1. Lago Kivu

Este lago calmo à primeira vista guarda um grande perigo: camadas contendo dióxido de carbono e no fundo esconde 55 bilhões de metros cúbicos de metano. Qualquer terremoto pode causar uma explosão tão poderosa, que seria capaz de acabar com os 2 milhões de pessoas que vivem nas redondezas de Kivu. Detalhe: o metano é um dos principais componentes do pum. Então imagine o cheiro de um desastre como esse…

Fonte: https://incrivel.club



LEIA TAMBÉM->
loading...

admin

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *