9

Giovanna Antonelli revela doença e o seu fim comove os fãs!

A atriz Giovanna Antonelli é um dos grandes nomes da dramaturgia brasileira. A celebridade ficou marcada por inúmeros papéis na telinha, como a Jade, da novela ‘’O Clone’’, da Rede Globo. Recentemente, Giovanna abriu o coração e decidiu falar sobre o que vem enfrentando em sua vida.

Segundo ela, há anos uma luta tem dividido os seus sentimentos, a síndrome do pânico, uma doença mental de fundo psicológico que, no geral, começa ainda com um transtorno de ansiedade. Em muitos casos, essa doença pode ficar tão forte que o indivíduo que é o seu portador sequer consegue realizar atividades consideradas simples do dia a dia.

Giovanna Antonelli diz que teve síndrome do pânico e emociona com relato
Além da síndrome do pânico, Antonelli sofreu com a violência do Rio de Janeiro, onde cresceu.

A famosa acredita que desenvolveu o mal mental por conta das muitas vezes em que se viu assaltada.

Na época de sua infância, segundo a famosa, ela chegou a sofrer 12 assaltos. A maioria deles ocorreu em ônibus. Por isso, ao ver o coletivo a reação da famosa, no geral, acaba sendo de puro medo. A revelação de Giovanna foi feita durante o chamado ‘’Power Trip Summit’’, evento que tem relação com a revista Marie Claire.

“Sofri com síndrome do pânico 20 anos atrás e, provavelmente, desenvolvi déficit de atenção, mas meus pais não perceberam isso na época”, disse a celebridade, que acabou emocionando muita gente ao abrir o seu coração diante de um assunto tão difícil. Ela não é a única celebridade que possui esse mal. Muitas outras também convivem com a doença por décadas, mas nem sempre tem a mesma coragem de ter essa abertura.

Como Antonelli superou uma doença tão forte?
Segundo a atriz, ao pensar muito em trabalho, ela conseguiu superar a síndrome do pânico. De acordo com #Giovanna Antonelli, no fundo, a vida é um jogo de erros e acertos e que é preciso sempre saber se reerguer.

De acordo com a contratada da TV Globo, uma parte boa de si é que, diante de grandes desafios, ela consegue ter sempre grandes ideias. A profissional da dramaturgia diz, por exemplo, que consegue ajudar outras pessoas a reerguer negócios ou, simplesmente, dar uma ideia diante de um episódio traumático.

Esse jeito conselheira foi conquistado, justamente, por conta da dor e do sofrimento da violência e do mal psicológico que, felizmente, acabou tendo o seu fim.

Deixe o seu comentário. Ele é sempre importante e ajuda no diálogo de temas variados.



LEIA TAMBÉM->
loading...

admin

9 Comments

    • Também sofro desta doença é horrível tudo é motivo pra ficar em alerta

  1. EU SUPEREI A DO MEU ESPOSO DANDO APOIO E JUNTOS NO CAPS ISSO É SERIO É NECESSARIO CARINHO APOIO EMOCIONAL E RECURSSOS PARA PROCEGUIR POIS TEM GENTE QUE NÃO TEM NEM UM APOIO.

  2. Giovanna vc alem de ter recursos tem sua familia tem seu publico e tem jesus que te ama força nega isso vai passar com tratamento e muito amor .

  3. Esses transtornos deixa a gente fragilizado,Por isso e preciso encarar com confiança e fe para superar. Além do acompanhamento médico .Forca e fé. Vc vai vencer

  4. Há vinte e três anos que tenho essa bendita doença.tomo remédios todos os dias.minha filha que é médica psiquiatra há dois anos que me consultou um remédio que nunca mais tive crise.

  5. Não fui assaltada, mas só em ouvir e ver o povo comentar, e ver toda essa violência no estado, tbm estou desenvolvendo essa síndrome. Não tenho mais vida social. Tdo que quero é ficar dentro do meu quarto. Isso me angustia, pq eu não era assim. Estou fznd tratamento psicológico e fui encaminhada a psiquiatria. Creio que ficarei curada.

  6. Querida linda, Giovanna se coloque enfrente do Senhor e peça com fé que Deus te atenderá….vc é linda iluminada e sairá dessa,conheço pessoas que come fé e força saiu e hoje estão super bem. Creia ,vivemos nesse mundo cão mas somos do Senhor e vc pode e vai ficar bem.Deus é contigo!!!

  7. Deus vai te ajudar.. Você tem que encontrar o remédio certo.Em 2002 eu passei por isso.Fiquei muito ruim.Encontrei um médico que me deu o remédio certo..Tomei á noite,pela manhã eu era outra.Continuo me tratando, mais fiquei ótima…

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *