0

Vídeo: em vez de ajudar mulher filma empregada doméstica caindo de janela. Imagens fortes!

A polícia de KUWAITI prendeu uma mulher que filmou sua empregada etíope que grita por ajuda antes de cair de uma janela em vez de ajudá-la. Apareceu uma cena chocante mostrando a trabalhadora doméstica agarrada à moldura de uma janela pelas pontas dos dedos e uivando de terror. Dangling por apenas uma mão ela pendura fora da janela, implorando por ajuda quando ela olha sete andares para baixo.

A empregada aterrorizada grita “me segure, segure-me”. Mas em vez de ajudar, a mulher kuwaitiana que é supostamente seu empregador simplesmente fica e filma-a. A mulher segurando a câmera é ouvida dizendo à criada pendurada: “Oh louco, volte.” Então, em um momento de parada cardíaca, seu aperto finalmente falha e ela despenca sete andares, esmagando em um toldo de metal. Mas seu empregador nem sequer parece reagir, simplesmente seguindo-a para baixo com a câmera antes de postar a filmagem para as mídias sociais.

Milagrosamente, a trabalhadora africana sobreviveu à sua queda. Um segundo vídeo mostra os trabalhadores de emergência que ajudam a mulher a descer uma escada depois da queda. Paramédicos a levaram ao hospital, ela teve um braço quebrado e sangramento de seu nariz e orelha. A polícia agora encaminhou o empregador para os promotores por não ajudar a vítima. As razões para a tentativa de suicídio da empregada, entretanto, não foram reveladas.

A Sociedade dos Direitos do Homem do Kuwait convocou na sexta-feira as autoridades para investigar o caso e encaminhá-lo ao tribunal. O estado do Golfo, rico em petróleo, abriga mais de 600 mil ajudantes domésticos, em grande parte da Ásia, muitos dos quais se queixam de maus-tratos, maus tratos e não pagamento de salários. Centenas de empregadas fogem de seus empregadores todos os anos por causa de abusos, e o governo criou abrigos para eles. Alguns buscam ajuda de suas embaixadas.



LEIA TAMBÉM->
loading...

admin

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *