Duas mulheres ficam cegas após usar celular na cama: Saiba o que aconteceu e como se proteger…

celular1

Você costuma navegar pelo smartphone quando está deitada na cama, antes ou depois de dormir? Esse hábito, que está se tornando cada vez mais comum, pode prejudicar o sono e o descanso, mas esconde também outro risco ainda maior e pouco conhecido: a cegueira. Um estudo britânico relatou os casos de duas mulheres que ficaram temporariamente cegas depois de usar o celular de uma maneira bem específica. Entenda melhor a seguir.

Celular causa cegueira?
Pesquisadores britânicos escreveram um artigo, publicado no periódico científico The New England Journal of Medicine, descrevendo dois casos de mulheres que ficaram temporariamente cegas de um olho de usar o celular na cama.

O primeiro caso aconteceu com uma mulher de 22 anos, que ficou com a visão do olho direito prejudicada. Todos seus exames – de imagem, cardiológicos, vascular, de sangue e vitaminas – tiveram resultados normais.

O segundo caso ocorreu com uma mulher de 40 anos, que durante 6 meses apresentou alteração da visão de um dos olhos ao acordar, com duração média de 15 minutos. Seus exames também deram resultados normais.

Por que isso aconteceu?
Ao analisar a história dessas duas mulheres, os oftalmologistas notaram que os sintomas só surgiam algum tempo depois que elas olhavam para a tela do celular no escuro quando estavam deitadas na cama. No caso da primeira mulher, o hábito acontecia antes de ir dormir, e no da segunda, depois de acordar.

celular2

Outro ponto em comum era que ambas ficavam deitadas de lado ao mexer no aparelho e o sintoma aparecia no olho que não ficava tampado pelo travesseiro.

A hipótese para explicar a cegueira temporária é a distribuição diferente de fotopigmentos entre os dois olhos: o olho que não ficava apoiado no travesseiro se adaptava à luz do celular, enquanto o olho encoberto pelo travesseiro se adaptava à escuridão.

Posteriormente, quando os dois olhos ficavam descobertos e no escuro, o olho que antes estava adaptado à luz ficava temporariamente cego. A alteração durava vários minutos até que os pigmentos voltassem à sua distribuição normal.

Portanto, se você tem o costume de checar mensagens e redes sociais pelo celular logo antes de dormir, mesmo sabendo que esse hábito pode ser prejudicial e atrapalhar o sono, tome o cuidado de manter os dois olhos na tela.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*