Para Aumentar Audiência; Direção da Globo Muda Enredo de “Velho Chico”…

Fica difícil afirmar o que é mais agitado, os bastidores de ‘Velho Chico’ ou a trama em si. A novidade agora diz respeito as alterações feitas no enredo da trama para elevar a audiência da atração. De acordo com o colunista Daniel Castro, a cúpula da Globo interveio na novela e propôs três grandes mudanças.

v1
Carlos Eduardo se transformou no grande vilão de ‘Velho Chico’

A primeira a ser notada foi o caráter do deputado Carlos Eduardo, interpretado por Marcelo Serrado. O personagem passou a ser o vilão da trama, dando dor de cabeça para a família Sá Ribeiro.
Leia também: Martim é morto por Carlos Eduardo em uma emboscada; veja detalhes Depois de briga, Carlos atira em Luzia e ela morre nos braços de Santo
Outra mudança que foi bastante comemorada pelos telespectadores foi a revelação de que Olivia (Giullia Buscacio) e Miguel (Gabriel Leone) não tinham nenhum laço sanguíneo. O romance dos dois engrenou após a descoberta de que não eram meio irmãos. E a terceira mudança foi a antecipação no divórcio de Santo (Domingos Montanger) e Luzia (Lucy Alves).

v2
Descoberta de que Olívia e Miguel não são irmãos agradou público

Segundo o colunista, desde abril a emissora vem tentando fazer mudanças na trama, todas baseadas em pesquisas feitas com um grupo de telespectadores, que apontaram a falta de romance, a narrativa lenta, o figurino incompatível com a região do Nordeste e com a época. Os erros de caracterização, como o de Afrânio (Antônio Fagundes), também foi sitado como os principais erros para a queda da audiência.
De acordo com Daniel Castro, Luiz Fernando Carvalho e Benedito Ruy Barbosa rejeitaram as sugestões de início, porém tiveram que ceder ao ver a trama marcar 25 pontos, uma média não muito boa comparada a pontuação das novelas das seis e das sete.

v3
Figurino de Afrânio era bastante criticado em ‘Velho Chico’

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*