WhatsApp: Justiça do RJ Manda Bloquear Aplicativo; Veja Aqui

A Justiça do Rio de Janeiro decidiu que o WhatsApp seja bloqueado em todo o Brasil, informou a GloboNews nesta terça-feira (19); veja reportagem no vídeo acima. As empresas de telefonia foram notificadas após o Facebook se recusar a cumprir uma decisão judicial para fornecer informações para uma investigação policial.
A decisão tomada pela juíza Daniela Barbosa manda as operadoras suspenderem o acesso imediatamente. Segundo a GloboNews, as provedoras de conexão foram notificadas da decisão por volta das 11h30.
Segundo Barbosa, o Facebook, empresa proprietária do WhatsApp, foi notificado três vezes para interceptar mensagens que seriam usadas em uma investigação policial em Caxias, na Baixada Fluminense.
Não é a primeira vez que um tribunal decide pela suspensão do acesso ao aplicativo no Brasil. Um dos bloqueiros anteriores ocorreu em dezembro de 2015, quando a Justiça de São Paulo ordenou que as empresas impedissem a conexão por 48 horas em represália ao WhatsApp ter se recusado a colaborar com uma investigação criminal. O aplicativo ficou inacessível por 12 horas e voltou a funcionar por decisão do Tribunal de Justiça de SP.

whatsapp_fabio-tito-g1_img_
Ícone do Whatsapp, um dos aplicativos de conversa mais populares do mundo, é visto na tela de um smartphone

Repercussão
O novo bloqueio do WhatsApp já começou a ganhar repercussão entre os internautas nas redes sociais.

A maioria dos comentários mostra que grande parte da população é contra qualquer bloqueio de aplicativos de comunicação.

No último do gênero, realizado em dezembro do ano passado, o WhatsApp chegou a ficar 12 horas indisponível para milhões de usuários brasileiros.

Zuckerberg

O proprietário do Facebook, Mark Zuckerberg, que ocupa o primeiro lugar na lista de bilionários de todo o mundo, sempre se posicionou contra qualquer bloqueio dos aplicativos gerenciados por sua empresa e até o momento não se manifestou a respeito dessa nova decisão da justiça brasileira.

Procurado pela reportagem, o escritório que representa o Facebook no Brasil também não emitiu nenhuma nota oficial.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*