Caso da Adoção de Criança Africana gera Hipocrisia na Internet

giovana

Como você já deve ter lido por aí, uma garotinha do Malaui, país africano, foi adotada por Gagliasso e Giovanna. O processo de adoção foi finalizado e a criança de três anos já é legalmente filha dos dois. E aí começou a surgir, principalmente na internet, muitas críticas de pessoas detonando o casal. A gritaria em geral era: “por que não adotou uma criança brasileira?”, afinal, há muitas por aqui na mesma situação da pequena Chissomo.

Não sei você, mas acho esse tipo de reclamação de uma hipocrisia ímpar. Primeiro que mostra aquele patriotismo idiota que crê que por sermos brasileiros temos que colocar a pátria em primeiro lugar. Assim, pessoas criticaram Gagliasso e Ewbank por terem ficado com uma criança africana e não uma brasileira. Outra coisa que chama a atenção é saber quem das pessoas que reclamaram da adoção de Chissomo já efetivamente tentaram ou realmente adotaram uma criança no Brasil. Há um grande número de crianças prontas para serem adotadas no país e que não o são por causas raciais e também pela idade (as famílias, em geral, não querem quem tem mais de 4 anos). Realmente gostaria de ver quantas crianças adotadas há nas famílias destas pessoas que reclamam do casal famoso.

Mais do que isso, Giovanna conheçou sua filha numa viagem a trabalho. Ela foi fazer uma matéria para o Vídeo Show e acabou se aproximando da menina, gostou e foi atrás da possibilidade de adotá-la. O que há de mal nisso? Qual o motivo para críticas? De qualquer forma, Giovanna e Gagliasso estão tirando uma pessoa de uma condição precária e dando a ela a possibilidade de um futuro, certo? O que importa se é do Brasil, da África, da Lapônia ou de Portugal?

Então, bem menos, né? Antes de criticar alguém, que tal pensar no que você ainda não fez? Bem melhor, né?

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*