Aline Barros Cobrou R$ 200 mil pra Fazer um Show em São Luís e Afronta Católicos

Aline Barros é a cantora gospel mais cara do Brasil. Normalmente cobra um cachê de R$ 150 mil. Ela é uma das mais bem sucedidas do país, faz mais de 20 shows ao mês, possue empresa de colchão e cosméticos.

Agora vamos ao fuxico principal, Aline Barros é a maior cantora do mundo gospel, é a que mais vende Cds no Brasil. O público dela é tanto evangélico, como católico. Mas acontece que ela deu uma alfinetada legal nos católicos em sua rede social:

alibne-barros

ALINE BARROS INSINUA QUE CATÓLICOS NÃO SÃO FILHOS DE DEUS

Gente, só um comentário: Jesus só vai entrar em São Luís por que Aline Barros vai pra lá? Ela é uma espécie de semi deusa? Rs…

Gente, tá na cara que ela acha que só os evangélicos são filhos de Deus? Os católicos são filhos do Diabo?

Então vamos entender Aline o que significa quarta-feira de cinzas e respeitar a fé de quem é católico:

“Também conhecida por Dia de Cinzas, a Quarta-feira de Cinzas é o primeiro dia da Quaresma. Esta é uma data muito especial para os cristãos. A Quaresma representa os 40 dias que Jesus esteve no deserto, suportando todas as aflições e tentações.

A quarta-feira de cinzas é o primeiro dia da Quaresma no calendário Cristão ocidental (Católico). As cinzas que os Cristãos Católicosrecebem neste dia são um símbolo para a reflexão sobre o dever da conversão, da mudança de vida, recordando a passageira, transitória, efêmera fragilidade da vida humana, sujeita à morte.”

A cantora gospel Aline Barros parece que não cansa de se meter em confusão. Ela, que é conhecida em todo o país por ter uma linda voz, acaba dando o que falar também pelas polêmicas opiniões que acaba dando, com algumas sendo mal interpretadas por milhares de pessoas. No passado, a profissional da música ficou conhecida por fazer ofensas aos homossexuais. Agora, chegou a vez dos católicos.

Segundo informações do site TV Foco, em matéria publicada nesta quarta-feira, 17, Aline Barros não chegou a dizer com todas as letras, mas acabou insinuando que quem comemora a quarta-feira de cinzas, feriado depois do Carnaval, não seria filho de Deus. A profissional da música ainda insinuou que apenas os evangélicos seriam filhos do todo poderoso, por não “comemorarem” a data. O relato foi feito em uma publicação no Facebook. O que Aline esqueceu de pensar é que comemorando ou não, o feriado é para todos, assim como outros baseados em aspectos religiosos, como o Natal e a Páscoa.

A publicação foi feita são ela chegou na cidade de São Luiz, no Maranhão. De acordo com Aline, os evangélicos tem a chamada quarta feira de fogo e não de cinzas. Não demorou muito para que o post recebesse uma enxurrada de críticas, especialmente por parte de católicos, que acharam ofensivo o texto publicado pela famosa. Eles usaram os comentários para pedirem uma retratação da cantora.

Não foram só os católicos que acharam o texto desrespeitoso, mas também pessoas de outras religiões. Apesar de ser declarar evangélica, o trabalho de Aline Barros é ouvido e respeitado por várias denominações religiosas. Após tanta reclamação, só sobrou para cantora fazer uma edição no texto. Até o fechamento desta matéria, no entanto, ela não tinha pedido desculpa pelo o que escreveu, nem mesmo disse que a publicação poderia ter outro tipo de conotação.

Não é a primeira vez que uma cantora evangélica se envolve em uma confusão com católicos. No passado, Ana Paula Valadão chegou a declarar o fim da igreja milenar. O fato acabou virando piada na internet.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*