Todos temos em casa Produtos que podem curar as Varizes, Mas quase Ninguém Sabe

Varizes são pequenas veias dilatadas. Elas podem ser azuladas, roxas ou vermelhas e são claramente visíveis através da pele. Este problema pode afetar tanto mulheres, quanto homens e costuma se concentrar nas pernas e pés. Num primeiro estágio, elas não representam um risco direto à saúde, mas muitas pessoas ficam insatisfeitas com as ‘manchas’ escuras em sua pele. Além dos recursos oferecidos pela medicina tradicional, dois ingredientes que você tem em casa podem ajudar – e muito – na luta contra a varizes. Compre tomates verdes, corte-os em fatias e coloque-os sobre a pele no local afetado pelas varizes. É muito importante que os tomates não estejam maduros! Ao contrário dos vermelhos, os tomates verdes contêm solanina, uma substância fundamental no tratamento de varizes.

Opção 1:

A solanina é um alcalóide, ou veneno natural, encontrado tanto em batatas, quanto em tomates verdes, por isso é altamente recomendado não comê-los. Para usá-los a favor da estética, basta deixar o tomate verde ou batata esverdeada na pele por 2-3 minutos. Depois de remover o vegetal, aplique uma loção hidratante no local, porque a solanina desidrata a pele. Repita este processo 1 vez ao dia, durante 10 dias. Ao final do tratamento, suas varizes terão desaparecido ou diminuído consideravelmente.

Opção 2:

Aplique um pouco de vinagre de maçã num chumaço de algodão e coloque sobre a região afetada pelas varizes. Repita o processo 3 vezes por dia, durante 4 semanas. Após este período (ou possivelmente mais cedo), você verá o resultado.

Cuidado: Se suas varizes estiverem localizadas no rosto ou em outro local sensível, não use o vinagre de maçã. Todos os tipos de vinagre irritam a pele e podem causar problemas em regiões mais ‘delicadas’ do corpo. Compartilhe este artigo com todos que você conhece. É útil saber que existem alternativas naturais para tratar varizes (em estado inicial)!

Um Comentário para: “Todos temos em casa Produtos que podem curar as Varizes, Mas quase Ninguém Sabe

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*